03.03.2021
5 minutos de tempo de leitura

Entrando rapidamente na era digital com novos recursos

Compartilhe agora!

Segurança cibernética, implementação EULYNX e desenvolvimentos progressivos na área de diagnóstico com Remote Monitoring Display: este pequeno excerto sobre os atuais projetos deixa claro que, em 2021, a Frauscher está desafiando a pandemia em curso, implementando vários novos recursos nas áreas de contagem de eixos e estratégias de manutenção preventiva, entre outras áreas.

Sucesso apesar da pandemia

Embora o coronavírus tenha colocado à prova a economia em muitos mercados, a Frauscher foi capaz de alcançar alguns sucessos em 2020: por exemplo, a nossa dedicada equipe produção fabricou 26.400 sensores em 2020, incluindo o RSR123 número 50.000 desde o início da produção. Também enviamos quase 2.500 pedidos para 53 países e comemoramos o ano em que tivemos o maior sucesso comercial na Índia. Outro destaque é o certificado IRIS, que obtivemos pela primeira vez em prata. 

A mistura de uma compreensão coletiva dos desafios atuais com um talento para inovações futuras nos deixa confiantes de que poderemos contar sobre muitos projetos e desenvolvimentos interessantes no futuro.

Novos recursos e inovações de produtos

A Frauscher investe muitos recursos em pesquisa e desenvolvimento: por exemplo, nos últimos meses, a equipe de P&D aumentou ainda mais. O departamento já vem trabalhando de forma ágil há algum tempo e utiliza a comprovada metodologia Scrum. Os recursos disponíveis no departamento de P&D totalizam mais de 10% da receita global. 

No entanto, a pesquisa e o desenvolvimento dificilmente são possíveis sem dados confiáveis. Assim, a coleta e avaliação de dados desempenham um papel central para a Frauscher conseguir otimizar continuamente os produtos e as soluções em benefício dos clientes. É importante mencionar que os dados também estão se tornando cada vez mais importantes em todos os outros departamentos.

Além dos dados e da digitalização, a inteligência artificial também pode entrar no setor ferroviário num futuro próximo. Atualmente, como parte de um projeto realizado em cooperação com uma universidade austríaca, está sendo feita uma investigação científica da viabilidade da inteligência artificial para a avaliação de sinais de sensores.

Apesar do ano excepcional e difícil de planejar que foi 2020, a Frauscher trabalhou continuamente em projetos maiores. Por exemplo, mais de 15 funcionários da Frauscher estiveram envolvidos no aperfeiçoamento de nossas interfaces personalizadas na FAdC, incluindo uma adaptação da interface do protocolo para a Alstom Urban Mobility Division no verão de 2020, para atender às necessidades na área Urban além da linha Main (a implementação do protocolo original foi feita para a área Mainline/Alstom Itália).

A Frauscher possui algumas inovações interessantes para apresentar este ano também: está planejada a indicação do monitoramento de velocidade quando um trem estiver muito rápido ou muito lento.

Outras inovações estão planejadas na área de segurança da informação: com o aumento das quantidades de dados fornecidos por software, a segurança cibernética passa a ter importância fundamental mesmo em sistemas fechados. Porque, mesmo em sistemas fechados, os hackers podem ser bem sucedidos se passando por usuários autenticados.

Para evitar isto, existem opções técnicas como o Public Key Management (usando códigos) e Penetration Testing (quantos dados uma rede deve ser capaz de suportar), bem como a reconfirmação para o sistema. A questão primordial é como criar uma infraestrutura de TI segura para garantir a segurança absoluta dos dados internamente.

Este ano, a Frauscher também concluiu a implementação EULYNX para o projeto Graz-Köflach. Padrões industriais uniformes para a tecnologia de interbloqueio modular proporcionam economias ao cliente. A placa de comunicação COM-EUX101 GS01 deve ser a interface entre o sistema de contagem de eixos FAdC da Frauscher e qualquer interbloqueio que esteja em conformidade com a interface EULYNX padronizada (testada segundo a EN 50126:2017, EN 50128:2011, EN 50129:2018 e aprovada como um produto SIL4).

Além disso, a equipe da Frauscher aguarda ansiosamente os primeiros testes da aplicação da proteção de passagem de nível com o sensor de roda indutivo SENSiS Detection Point SDP e a unidade de avaliação inteligente associada SENSiS Processing Unit SPU na Polônia.

Por fim, inovações no monitoramento e diagnóstico usando o Remote Monitoring Display RMD, que estão em um estágio avançado, também são de grande importância.

Além disso, a Frauscher está se concentrando cada vez mais na usabilidade e engenharia UX, com o objetivo de aumentar tanto a facilidade de uso quanto a "satisfação no uso" graças a interfaces uniformes, ícones padronizados e cliques similares, assim como à indicação padronizada de informações em todos os dispositivos.

GERENTE DA FRAUSCHER SOBRE O DESAFIADOR ANO DE 2020 E ESTIMATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO FUTURO
Compartilhe agora!
Artigos semelhantes

Artigos